Pegadas de dinossauros de Vale de Meios


pegada dinossauro Vale de Meios

Quando se chega à Jazida de pegadas de dinossauros de Vale de Meios, deparamos com uma laje calcária  de cerca de 11 mil metros quadrados com centenas de trilhos de dinossauros.



Para se compreender a origem desta jazida, teremos de usar a imaginação e viajar no tempo, até há 168 Milhões de anos atrás.
Nesta altura do Jurássico médio (Batoniano), na plataforma continental entre a Ibéria e a Terra Nova, existia uma grande massa de água salgada com pouca profundidade - um mar epicontinental - com águas quentes, calmas e límpidas.


Onde hoje se encontra a jazida de Vale de Meios, na vertente sudeste do Planalto de Santo António, existia um sistema lagunar, protegido por ilhas barreira, idêntico aos que temos na Ria de Aveiro ou na Ria Formosa, salvo as devidas diferenças. E que diferenças são essas? 
Além de um clima mais tropical, águas mais quentes e mais claras e um diminuto fluxo de detritos provenientes de "terra", as barreiras não eram arenosas mas sim recifais, construídas por algas calcárias, corais e moluscos.



Laje com trilhos de dinossauros em Vale de Meios - Portugal

Assim, ao observar-se a figura acima, podemos imaginar a laje das pegadas como a margem lamacenta de uma laguna confinada, durante a maré baixa.
 Ao fundo, se bem que nesta imagem não é visível, a esguia Serra dos Candeeiros seria a ilha barreira que protegia este local de ondas mais agitadas

Vale de Meios - Middle Jurassic tracksite  - Portugal

Usando uma vez mais a imaginação, poderemos ver um grupo de dinossauros carnívoros, talvez os grandes Megalossauros, a dirigirem-se em direcção à água com algum propósito, enquanto que outros fazem o percurso inverso.

pegadas teropodes vale de meios

É este comportamento social, raro entre grandes terópodes, os grandes carnívoros bípedes do Jurássico médio, que está registado na pedra em Vale de Meios, nos trilhos longos, que variam de 30 a 40 metros, paralelos mas com orientações opostas, seguindo uma  direcção preferencial de W / NW.

trilho com pegadas de dinossauros

Theropod dinosaur track in Portugal

Vale de Meios é uma jazida extraordinária tanto pela quantidade de pegadas expostas (muitas mais haverão por baixo dos enormes blocos calcários da camada superior) como pelo seu estado de preservação que, em alguns casos, apresentam contornos excelentes.

Jazida de Vale de Meios - Pé da Pedreira


De facto, esta jazida permite o estudo aprofundado sobre a locomoção e o comportamento dos dinossauros que as produziram através da morfologia das pegadas, ou seja, permite que se conheça algo mais sobre os terópodes do Jurássico médio apenas pelas impressões, muito bem preservadas, dos seus pés, ao caminharem numa superfície lamacenta.




A maioria das pegadas tridáctilas (três dedos) da jazida de Vale de Meios apresentam comprimentos que variam de 50 a 70 cm o que indica que os terópodes teriam membros posteriores com 2 a 3 metros do solo à anca e peso superior a duas toneladas.
O comprimento da passada permite aferir que se estariam a deslocar a uma velocidade estimada de 4 a 6 Km/h.

pegada de dinossauro jurássico médio


Estas pegadas com afinidade terópode e de grandes dimensões são atribuídas ao tipo Megalosauripus ou seja, a terópodes semelhantes a Megalosaurus, um terópode comum na Europa desde o Jurássico médio ao Cretácico.

pegada dinossauro portugal

Em algumas pegadas, e como se pode ver nas imagens, é perfeitamente visível a marca das garras (unguais).


Pormenor de pegada de terópode em Vale de Meios
Pormenor dos unguais (garras)



Serra de Aire e Candeeiros National Park - dinosaur footprint

Em Vale de Meios existem, contudo, pegadas com ligeiras diferenças de morfologia entre si o que provavelmente se deve a diferenças na sua preservação. Não se podendo excluir, no entanto, a existência de terópodes anatomicamente diferentes.



trilho pegadas dinossauro teropode




Dinosaur trackway
Trilhos de terópodes paralelos a trilhos de saurópodes

Os grandes herbívoros quadrúpedes também frequentavam este local visto que existem também pelo menos duas pistas de saurópodes de grandes dimensões.

pegada de saurópode Vale de Meios Parque Natural Serra Aire e Candeeiros
Pegada de Saurópode

sauropod track
Pegada de Saurópode

Se bem que esta jazida se destaca pela grande quantidade de pegadas de terópodes, e inferior quantidade de pegadas de saurópodes, existem ainda impressões que, à partida, não se identificam com nenhum destes grupos de dinossauros.



O Jurássico médio é considerado uma idade obscura no que diz respeito a dinossauros. 
No nosso país, não foi encontrado até ao momento nenhum vestígio de ossos (osteológico) restando apenas o registo iconológico, ou seja as pegadas.

 Até à data, todos os locais onde se podem encontrar pegadas de dinossauros do Jurássico médio encontram-se no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros ou em regiões limítrofes do Maciço Calcário Estremenho, um maciço que integra o mesmo parque e onde predominam os calcários desta idade.

dinosaur footprint
Lado a lado

A idade desta jazida é mais uma das razões para que seja devidamente valorizada.
Apesar de ter sido classificada como Imóvel de Interesse Municipal, a sua conservação e divulgação é muito deficiente.
Continuam a passar carros por cima das pegadas, máquinas a laborar nas imediações e foram retiradas as cordas que delimitavam a laje.

Vale de Meios, uma das mais importantes jazidas do nosso país, está assim entregue ao abandono, recebendo apenas os visitantes mais esforçados e os entusiastas deste tipo de património.

Jazida de Vale de Meios - Alcanede - Portugal


A Comissão Nacional da Unesco afirmou aquando da Candidatura Ibérica a Património Mundial dos Icnitos de Dinossáurios da Península Ibérica que
 "As jazidas com pegadas de dinossauros constituem locais de excepcional interesse geológico e paleontológico e têm valor universal do ponto de vista científico, didático e patrimonial, pois constituem relevantes vestígios de locomoção de dinossauros".

A Jazida de pegadas de dinossauros de Vale de Meios, é uma das três jazidas portuguesas que integram essa candidatura, juntamente com a Pedreira do Galinha e Pedra da Mua, sendo que das três é a que apresenta maior quantidade de trilhos e pegadas de dinossauros terópodes e ... a menor quantidade de visitantes.


Esta jazida merece que se tomem medidas no sentido de a proteger e valorizar sem se estar à espera de uma decisão da UNESCO ou de qualquer outra organização internacional.
O que é nosso temos de ser nós a cuidar e a Jazida de Vale de Meios perto de Pé da Pedreira está localizada na freguesia de Alcanede, pertence ao concelho e distrito de Santarém, está integrada no Parque Nacional das Serras de Aire e Candeeiros e faz parte do território português.





CLIQUE na imagem acima e veja o video desta Jazida no YouTube




Bibliografia:


Comentários